Decor | Um loft pra chamar de seu!

em

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Quando a gente se vê prestes a fazer 18 anos, um milhão de coisas passam pela cabeça, mas a que mais me fascina é aquela vontade incansável de morar sozinha! Ter aquele gostinho de começar a decorar a casa do zero sabe? Desde o tapete da sala de estar até o potinho de escovas de dente do banheiro. Tudo vai ser do seu jeito e até do jeito que dá.

Sempre fui de salvar fotos de decoração no computador, porque nunca se sabe quando a gente vai sair de casa né? E eu tenho um fascínio por misturas de estilos, tipo vintage com contemporâneo, um sofá azul turquesa com uma mesa de centro comprada em brechó. Eu gosto disso! Quando vi essa decoração de um Loft que achei na internet, me encantei exatamente com essa combinação, a mistura de móveis, e o tons de cores sutis com objetos de decoração mais excêntricos. Muito a minha cara! Fiquei simplesmente apaixonada, e com certeza, no dia que eu precisar de ideias de decoração pra minha futura casa, essa será minha principal inspiração! 




Gente, eu amo esse papo sobre decoração! Desde dicas de como decorar, e até mesmo tutoriais pra colocar a mão na massa e deixar o nosso cantinho mais bonito. Mas acho que nunca perguntei o que vocês acham de postagens assim? Também curtem esse assunto?

Ah, não esqueça que está rolando uma enquete para ajudar a melhorar o blog, e por isso, peço à você leitora, que deixe as suas respostas nesse link sobre o que está achando do blog e o que podemos fazer para que ele fique ainda melhor!

Você também sonha em decorar sua própria casa?

DIY | Gargantilha com pingente (Choker)

em

domingo, 16 de novembro de 2014

Mais um detalhe do anos 90 veio atona em 2014! A volta das gargantilhas estão enlouquecendo a grande maioria das adolescentes, e até mesmo fashionistas de plantão (as celebs gringas já aderiram!). Mas a unanimidade fica com as escolas de ensino médio, caramba, como tem gente usando isso aonde eu estudo! Só fui me dar conta do sucesso efêmero do que já  foi hit há dois séculos atrás quando reparei que de cada 10 meninas que eu esbarrava na escola, 9 usavam um cordãozinho preto agarrado no pescoço com algum pingente "significativo" que foi contemporaneamente apelidado de "Choker"!

Vou confessar que de primeira, tudo que é muito "popular" me causa repulsa. Demorei um tempinho até aceitar que a gargantilha poderia ser algo além de um acessório hipster/modinha, e foi quando decidi seguir o conselho de uma leitora que comecei a quebrar um pouquinho desse pré julgamento e - possivelmente - até aderir a essa ideia. Procurei alguns tutoriais na internet e pensei em descomplicar mais ainda a vida de quem também quer aderir a essa moda. E criei um passo a passo tão simples e baratinho que você vai poder usar uma gargantilha para cada dia do mês! Olha só como é fácil...

MATERIAIS
40cm de elástico preto
1 Argola para biju
1 Pingente
1 Alicate 
1 Tesoura
(O elástico preto e a argolinha você encontra em lojas de "armarinho e aviamentos" que vendam materiais para artesanatos, bijuterias e etc. O elástico que eu uso, é o mesmo que se faz aquelas "bochinhas" pra prender cabelo sabe? Eu compro na loja Amigão, aqui em Volta Redonda, por menos de R$4,00 uns 2 ou 3 metros de elástico. Vale super a pena!)

MODO DE FAZER

1- Abra a argola com a ajuda do alicate e coloque o pingente de sua preferência dentro da argola e feche.
2- Passe o pingente pelo fio do elástico.
3- Confira se o tamanho do elástico é o ideal para a largura do seu pescoço, se necessário corte, e em seguida de um nó com as pontas.
4- Certificando-se que ele esteja bem amarrado, corte o excesso e está pronto!

COMO COLOCAR


Para colocar é mais fácil e simples ainda! Basta esticar o elástico da gargantilha, passar pela cabeça e ajeitar o pingente. Tem coisa mais fácil, prática e baratinha do que essa? E ainda fica super fofo! Já tô imaginando como ficaria bacana colocá-la em um mix de colares, de diversos tamanhos e modelos. Vai ficar bem cool! 

UPDATE: Muita gente perguntou de onde é essa camisa LINDA! Recebi de uma das minhas lojas online prediletas: OASAP! Em breve tem look com ela por aqui s2

Gostou desse tutorial? 
Conta pra gente como ficou sua gargantilha!

Textinhos | O começo do fim

em

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Hoje foi definitivamente o meu último dia de aula no ensino médio. Os quatro dias letivos dessa semana foram dedicados para as provas finais, e tudo começou na segunda, com química e biologia depois de dois dias seguidos de Enem (que por sinal, tô surtando). Conviver por três longos anos com os mesmos humores às 7:30 da manhã me fizeram mudar bastante com o passar do tempo. Lembro de todos os detalhes do primeiro dia de aula na escola nova. Depois de de quatro anos no Ginásio (ainda usam isso???), entrar numa escola de nível médio era a coisa mais especial do meu dia. Emplastava a cara com uma base tentando esconder aquela maldita espinha que tinha aparecido logo no primeiro dia, era o cúmulo pra minha adolescência. Incansáveis minutos na frente do espelho com a missão impossível de alisar a franja que ondulava a cada passada de mão. E centenas de noites mal dormidas experimentando a blusa de uniforme que me "escravizaria" a não ter variação de roupa por mais de 600 dias pela frente. Só que eu nem ligava.

O primeiro ano foi mágico, escolhi a escola das "pessoas populares" da minha cidade - e não nerds, por isso Enem me abraçou e me apunhalou pelas costas - onde tinha banda ao vivo durante o intervalo e rádio com as músicas dos últimos sucessos das boyband's famosinhas. No segundo ano, precisei fazer uma escolha, que na época pensei ser a mais difícil em toda minha vida (maior até que decidir se respondia ou não o SMS do Felipe depois de uma DR adolescente): escolher o curso técnico para realizar durante os dois anos restantes do ensino médio. Passei por Publicidade, mas achei o povo tão fantasiado e vazio ao mesmo tempo que decidi tomar distância. Acabei indo pra Administração. O cursinho que salvou minha vida e hoje paga a minhas prestações da Renner. De fato não é o que me fará comprar Chanel em Londres, mas foi um ótimo começo pra uma garota de 16 anos que não sabia nem passar o próprio uniforme de trabalho. 

Estou no estágio à mais de um ano. Sou estagiária administrativa de um órgão federal (é só pose, porque ganho uma merreca). E agora, Administradora formada, ou quase, falta a apresentação do que chamamos de Projeto Final (tipo um tcc com nome diferente pra gente não ficar com medo, sabe? Mas o grau de "fodeu" é o mesmo). Mas com base na qualidade do que eu, e meu grupo de quatro pessoas elaboramos, já estou formada. Dia 18, um dia antes de completar 18 anos (e já poder ser presa, eu sei.) será a minha colação de grau, sem beca, porque o evento vai ser na quadra da escola e Volta Redonda tem uma sensação térmica como a varanda de uma casa em Mercúrio. Triste a vida de quem opta por uma Instituição de curso técnico do que pré vestibular. 

Se eu tivesse a certeza de uma boa nota no Enem estaria nesse momento comprando minha passagem pra Bahia, local nada agradável e difícil de morar (salve Salvador!!!) que eu escolhi pra fazer a minha faculdade de Comunicação Social, vulgo Jornalismo. Mas como foi meu primeiro ano de prova, sem noção e preparo NENHUM, acredito que ficarei coçando a xxxxx durante 2015. A segunda opção seria continuar Administração (e não ser tão feliz ://) na UFF, que tem um polo aqui na minha cidade mesmo. Mas e aquela ideia de pseudo independência-sustentada-pelos-pais-mas-mora-sozinha-então-foda-se,vai pra aonde? Aquele desejo de conhecer lugar novo e ficar por lá? Ficarei frustadíssima. 

A questão é que, mais uma vez, me pego em uma nova fase, diferente de todas as outras que já compartilhei e vivenciei aqui nesse blog. Desde a entrada no ensino médio, à escolha do curso, e agora, o rumo da vida depois que o começo do fim surgiu. Não sei como vai ser e nem quando vai ser, mas se quer saber, se não for, um dia vai e nesse dia vou estar pronta pro que vier! Enquanto isso vou me comprometendo a fazer o que mais gosto nessa vida: Blogar! E por mais que tenha se dissipado com o passar desses três anos de rotina extremamente louca e excessiva, esse amor por escrever, fotografar e compartilhar ideias continua aqui, bem guardadinho e pronto pra fazer desse blog o melhor possível! S2

Look do dia | Vestido Branco divo!

em


Fica até complicado descrever um look que tem quatro coisas que você ama: seu vestido predileto, a sua cor de batom favorita, o seu salto mais escandaloso e o seu colar mais excêntrico! Essa foi a última combinação que usei em PUB aqui da cidade, e posso dizer que tô cada vez mais apaixonada por esse dress! Nunca tive um - e nessa cor fácil de vestir bem (só que não!) - que ficasse tão bonito no meu corpo!

Ele chegou junto com o vestido estampado que mostrei nesse post, e é mais um daqueles que a gente vê no site e não põe muita fé sabe? E aí Lovely Whole Sale aparece com um vestido incrível! O tecido é bem grossinho, e o modelo com babado na altura da cintura é ideal para disfarçar aquela barriguinha saliente, uma ótima opção pra quem quer usar um vestido coladinho, mas não tá com a barriga "chapada" (tô nessa vibe amigos!). Apesar do vestido ser neutro, optei por não enfeitar muito e escolhi acessórios no mesmo tom: dourado! O salto é minha paixonite e o maxi colar maravilhoso chegou a pouco tempo da Oasap





Vestido - LovelyWholeSale / Salto - Lilly's Closet / Colar - Oasap

Gostou do meu look? Deixe a sua opinião nos comentários! =D

Como parecer mais alta em um look

em

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Parecer mais alta é o sonho da maioria das mulheres, correto? Mas o que muitas delas não sabem é que existem vários truques super simples de se colocar em prática nas nossas combinações do dia a dia, e apenas com algumas dicas você consegue deixar as pernocas bem mais longas visualmente!
Pra facilitar a vida de todo mundo que não nasceu com as pernas da Isabelli Fontana (toca aqui, tamo junto!), separei as melhores dicas pra - no mínimo - chegar bem próximo à ela. Prontas pra se sentirem modeletes?

CALÇA FLARE

A calça Flare é uma danada para parecer mais alta! Ela tem um poder incrível de te deixar com pernas tão longas quanto Gisele B. (só que não! kkkk). O truque está em sempre tampar os pés com a barra e ABUSAR de um salto BEM alto, por isso, se atente na hora de comprar, a barra tem que ser maior por conta do salto alto. E opte sempre modelos que vistam bem e modelem o corpo!


Sapato e calça da mesma cor

Outra opção para alongar as pernas visualmente é na hora de usar uma calça combiná-la com um sapato (de preferência fechado, estilo ankle boots) da mesma cor da peça escolhida! É como seu a calça "emendasse" nos sapatos, tornando o comprimento das pernas maior!


vestido longo

O vestido longo é outro truque super fácil, e que segue a mesma linha da calça Flare. O segredo é apostar num saltão e tampá-lo com a barra do vestido, se mantendo atenta sempre em não deixar "passar" e nem "faltar". O bônus é que quando o modelo é estampadinho, além de parecer mais alta, ele dá aquela enganada de "4 kg à menos".

BOTAS "OVER THE KNEES"

As botas de cano longo são excelentes para as mulheres baixinhas. Conhecidas como over the knees, chamam mais atenção, então fica mais confortável quando usada com peças curtas, deixando um pouco de pele à mostra. Neste caso, peças lisas e sem corte no meio.

MONOCROMÁTICOS E MACACÕES

Aposto que você nunca pensou que peças da mesma cor podem alongar! Quando duas peças são monocromáticas, o visual que o look passa é de que a pessoa é bem alta do que de fato é. Se você não tem uma calça e uma blusa no mesmo tom, opte por macacões em cores sólidas, fica lindo e funciona da mesma maneira!

SALTO ALTO NUDE 


Para aumentar o comprimento das pernas aposte em sapatos nude  e/ou que deixem o peito do pé aberto. Se as pernas estiverem de fora, o efeito visual de "alongar" vai ser maior ainda!  já em outros casos, os modelos da mesma cor da calça também são uma boa escolha

Gostou dos truques? Se você conhece mais algum, conta pra gente nos comentários!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...